Mapeamento da SEDEC-RJ foi apresentado nas 8 Regionais de Defesa Civil fluminenses tendo como foco o público universitário

 

O Departamento Geral de Defesa Civil (DGDEC) apresentou o Mapa de Ameaças Múltiplas do Estado do Rio de Janeiro, de 23/8 a 08/9, em oito encontros regionais voltados principalmente para o público universitário. As palestras foram realizadas nos municípios de Itaguaí, Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Petrópolis, Niterói, Macaé, Campos dos Goytacazes e Pinheiral, respectivamente.

- Estamos procurando nos aproximar das universidades e dos centros de pesquisa, conforme preconizado pelo Marco de Sendai da ONU para Redução do Risco de Desastres (2015-2030) buscando, por meio da ciência, a excelência em Defesa Civil. Essa é uma parceria perfeita já que temos o conhecimento tácito, do campo, e eles possuem o conhecimento acadêmico, técnico-científico. Assim, quem sai ganhando é sempre a população do Estado do Rio de Janeiro - afirmou o Cel BM Paulo Renato Vaz, diretor geral do DGDEC e palestrante nos encontros.

- O DGDEC desenvolveu o Mapa de Ameaças Múltiplas e contou com a participação das 92 Defesas Civis municipais, lançando a ferramenta no início do inverno. A partir daí, portanto, com seis meses de antecipação ao verão, período crítico para a maioria dos desastres no estado, estamos propondo o desenvolvimento de 736 planos de contingência municipais, correspondentes às 736 ameaças naturais e tecnológicas identificadas e hierarquizadas pelas prefeituras, sempre orientadas pelo nosso Departamento Geral de Defesa Civil. Dessa forma, reduzimos o risco de desastres e aumentamos a resiliência no estado - afirmou o Cel BM Marcelo Hess, superintendente operacional da SEDEC-RJ.